21.1.11

Qualquer dia

Eu apareço por aí, te levo para tomar sorvete comigo, uns versos te recito e  mostro como o meu vestido combina muito mais ali, no chão.


"Andar de mãos dadas à beira da praia
Por esse momento eu sempre esperei."
C.V.

2 comentários:

Mai disse...

É isto, Pat.

Estarei por aqui também, e seguirei contigo e tua poesia.

grande abraço

byjotan/maldito disse...

"sutil,lindo e cativante...O que dizer mais".